A persistência da violência contra a mulher

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A persistência da violência contra a mulher

Mensagem  Ivana Cavalcante em Ter Out 27, 2015 1:31 pm

No que se refere à persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira, é possível afirmar que, sendo ela um ser de direitos iguais, mas não respeitados, visto que o número de violência só aumenta no Brasil. Se por um lado, há existência de lei para punir os responsáveis; por outro a casos de agressões não denunciados.
Podemos perceber que a violência a mulher vem desda pré-história, segundo os relatos, que eram obrigadas a fazerem sempre a vontade de seus maridos, aceitando até ser abusadas brutalmente. Antigamente não existia lei para defender os seus direitos como existe hoje, um exemplo é a Lei Maria da Penha, que além de proteger-lás a dar também direitos de segurança.
Nesse sentido o caminho foi longo e doloroso, mesmo assim na há diminuição de agressães,pelo contrário, a casos de violência que não são denunciados, devido o medo de ser agredidas novamente pela falta de segurança, mas com ajuda de vários movimentos feminista isso vem diminuindo.
Dessa forma é possível notar que a muitas coisas a ser feitas para que esse número diminui, é preciso que o governo junto com a constituição elabore mais leis e aumente os números de punição, sedo que a maior parte da população brasileira é formada por mulheres.

Ivana Cavalcante

Mensagens : 1
Pontos : 3
Data de inscrição : 27/10/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A persistência da violência contra a mulher

Mensagem  Lucas Medeiros em Qui Out 29, 2015 1:25 pm

Ivana Cavalcante escreveu:         No que se refere à persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira, é possível afirmar que, sendo ela um ser de direitos iguais, mas não respeitados, visto que o número de violência só aumenta no Brasil. Se por um lado, há existência de lei para punir os responsáveis; por outro a casos de agressões não denunciados.
              Podemos perceber que a violência a mulher vem desda pré-história, segundo os relatos, que eram obrigadas a fazerem sempre a vontade de seus maridos, aceitando até ser abusadas brutalmente. Antigamente não existia lei para defender os seus direitos como existe hoje, um exemplo é a Lei Maria da Penha, que além de proteger-lás a dar também direitos de segurança.
              Nesse sentido o caminho foi longo e doloroso, mesmo assim na há diminuição de agressães,pelo contrário, a casos de violência que não são denunciados, devido o medo de ser agredidas novamente pela falta de segurança, mas com ajuda de vários movimentos feminista isso vem diminuindo.
              Dessa forma é possível notar que a muitas coisas a ser feitas para que esse número diminui, é preciso que o governo junto com a constituição elabore mais leis e aumente os números de punição, sedo que a maior parte da população brasileira é formada por mulheres.
C1: 80
C2: 120
C3: 120
C4: 120
C5: 80
Total: 520
avatar
Lucas Medeiros

Mensagens : 79
Pontos : 85
Data de inscrição : 05/06/2015
Idade : 21
Localização : Natal, Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A persistência da violência contra a mulher

Mensagem  red1000 em Dom Set 11, 2016 10:07 am

Galera, o fórum atualmente encontra-se sem moderação. Como não estou dando conta das correções, estou migrando pra outra página de correção!!
Esse projeto é MUITO importante para ser descontinuado, visto que muita gente depende dele. Por isso, quem quiser corrigir suas redações, é só entrar no endereço abaixo e se cadastrar!
redacaonota1000.forum-livre.com


red1000

Mensagens : 3124
Pontos : 3128
Data de inscrição : 06/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A persistência da violência contra a mulher

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum