PARADIGMA CONVENCIONAL

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

PARADIGMA CONVENCIONAL

Mensagem  deivid b souza em Seg Jun 26, 2017 9:10 pm

    Casamento, heterossexual, procriação. Esse é o padrão imposto e socialmente aceito, decorrente do utilitarismo e conservadorismo, que não só nega a diversidade de novos arranjos familiares da atualidade, como também expandir a discriminação sobre eles.
    Nos reinos europeus da Idade Média, era comum o casamento com primos ou irmãos para manter a fortuna na realeza. Hoje, no andamento da evolução da sociedade, é algo inevitável as famílias estarem mudando, como mostra o senso de 2010 do IBGE, onde há um aumento de mulheres no comando dos lares de 22,2% para 33,3%, devido ao ingresso no mercado de trabalho. Porém, essa não perdeu sua essência de local de afeto e socialização, mesmo assim independente do formato todas estão sujeitas aos problemas da atualidade.
    O utilitarismo, no qual classificar os grupos sociais em úteis ou inúteis com relação a “ser a base da sociedade”, legitimou atrocidades na Segunda Guerra Mundial em extermínios dos chamados "indesejáveis". Esse pensamento aliado ao conservadorismo, perpetua através do costume o aumento da discriminação com relação aos modelos familiares modernos.
    “Todo preconceito é fruto da burrice, da ignorância e qualquer atividade cultural contra preconceito é válida”. Paulo Autran, ator quer confirmar que esse repúdio deve ser combatido. Destarte, é necessário desenvolver o respeito e a tolerância na coletividade, através de palestras e debates em escolas e universidades. Além de o estado aliado a mídia divulguem propagandas que definam a família como meio afetivo, independente das suas variedades.

deivid b souza

Mensagens : 1
Pontos : 3
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum